Renda Fixa e Renda Variável: Entenda as diferenças

Renda fixa e renda variável são os dois extremos no mundo dos investimentos. Mas afinal, quais são as diferenças?



A principal diferença é que no caso da renda fixa, quando você compra um título, você sabe que ao vencimento do título, receberá uma quantidade maior do que investiu.



No caso da renda variável, você investirá, mas não terá nenhuma garantia de lucro.



Antes que você conclua que a renda fixa é melhor do que a renda variável, vamos a uma explicação.



Não existe almoço grátis

O mundo dos investimentos é feito da relação de risco x retorno. Os títulos de renda fixa são menos arriscados, uma vez que eles têm a garantia de pagar uma quantia ao investidor.



No caso das ações, investimento de renda variável, não existe garantia alguma, não existe prazo de vencimento e elas inclusive podem ir a zero. Parece um cenário horrível.



No entanto, imagine que compramos ações de uma determinada empresa por R$10,00. Algum tempo depois essa empresa declara falência e suas ações passam a valer zero.



Se fizermos as contas, o investidor terá perdido 100% de seu investimento. Essa é a perda máximo que você pode ter, mas e o ganho? A ação pode ir ao infinito, consequentemente, seus ganhos também.



Então o máximo que perdemos é 100%, mas podemos multiplicar nosso patrimônio em 5, 10, 100 vezes. Essa é a vantagem da renda variável.



Afinal, qual é melhor?

Não existe resposta para esta pergunta. Cada pessoa terá que pesar por seu perfil de risco se vale a pena arriscar muito para ter a oportunidade de ganhar muito mais ou se o mundo da renda fixa se encaixa melhor, onde por mais que os ganhos sejam pequenos, quase sempre eles são garantidos.



Existem casos isolados em que as empresas que emitiram títulos de renda fixa não conseguem arcar com suas dívidas e então deixam de pagar os investidores. Tais casos acontecem pouquíssimas vezes, uma vez que existe um estudo por trás da situação da empresa antes de o título ser lançado na plataforma.



No entanto, vale sempre estudar antes de fazer o investimento seja em renda fixa, seja em renda variável. Por vezes a falta de volatilidade pode ser confundida com ausência de riscos, o que não é uma verdade.



Saiba mais sobre as diferenças entre renda fixa e renda variável assistindo à nosso vídeo educacional.



 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *